quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Yes, we can!

Aposto que essa foi a frase mais falada pelos americanos ontem e hoje. Obama é o novo presidente, as celebridades fizeram seu papel e agora ele entrou para a história. Primeiro presidente negro dos EUA, acima de tudo.
Para o Brasil, espera-se um pouco mais de "diplomacia", mas uma maior dificuldade no comércio exterior. Creio que nosso país só leva no "côro" mesmo: é um grande quintal dos americanos. Independente de qual presidente.

Fim da guerra no Iraque.

Possível assinatura do Tratado de Kyoto.
Nova postura em relação ao racismo.
Entre outras expectativas.
Um mar de esperanças, mudanças ideológicas, profundas em cara americano. Torço, de verdade.

Pra quem saca inglês, aí vai o "Acceptance speech" do Obama. Discurso de estadista, não apenas de um vitorioso.



Para conferir o discurso em português, clique aqui.

Nossa *AMADA* Madonna parou o show para comemorar a vitória democrata. Com direito a pop-art do Hussein no telão. Olha a animação:



A coisa mais linda foi ver a Oprah se debulhando em lágrimas durante o discurso do presidente eleito. Olha o que ela, Kanye West, Mary J. Blige e Forest Whitaker acharam o discurso (e da vitória de Obama):

(vou achar o link e posto aqui no blog)

É, galerë, agora é black na white [house]!

E que seja melhor para o mundo, que já tá rouco de pedir ajuda.

5 Told us something new!:

Joyce Castello disse...

Black & White sem Michael Jackson, please!!


Madonna tem sempre que causar, né?

Jananda Soares disse...

cara, Oprah é impagável!

Fumei disse...

gente, vcs tem que quebrar o texto, escondê-lo, senão vcs espantam os leitores. se o texto interessar, o cara continua lendo...


haroldo lima

Monique Ludmila. disse...

obrigada pelo comentário, haroldo.

inesperado, mas, bem-vindo.

Gabriela Leal disse...

valeu, haroldo.
é que a gente se empolga!
:~